O Rail Nation ao longo da História: 2ª parte


Agarra-te bem, estamos a ganhar velocidade! As florestas e os campos lá fora começam a passar mais rapidamente. Cidades mais pequenas irrompem agora na paisagem com mais frequência. Apesar da maior velocidade, o ambiente está cada vez mais sossegado na tua cabine. A jornada Rail Nation continua.

Era 3:

Por volta de 1945 – 1970

A situação começa a melhorar. Está a decorrer uma mudança. Mudança esta que também afecta a locomotiva, visto que as antigas locomotivas a vapor estão agora a ser substituídas por modernas locomotivas a diesel. Esta evolução também se reflectiu claramente na nossa casa das máquinas. Clarabóias modernas fazem com que as locomotivas brilhem sob uma luz cintilante.

A equipa alemã, que foi campeã mundial de futebol em 1954, viaja de regresso a casa num comboio com uma locomotiva a diesel, a série DB VT 08.

As distâncias encurtam-se na Europa em 1957 e surge uma variedade de novos serviços ferroviários, entre os quais o Trans-Europe Express. Muitos viajantes, seja a negócios ou por lazer, podem agora viajar pela Europa em comboios exclusivos de primeira classe.

O ALCO RS-3 também conquista um continente inteiro, mais precisamente as Américas. Em 1950, as locomotivas da Companhia de Locomotivas Americana ligam o Canadá, os Estados Unidos, o México e o Brasil.

E enquanto o primeiro homem pisa a lua em 1969, engenheiros franceses começam a desenvolver um comboio aerodinâmico experimental que, com o nome TGV, espera-se que afecte consideravelmente o trânsito no futuro.

Era 4:

Por volta de 1970 – 1990

À medida que o ritmo do progresso tecnológico aumenta, também as locomotivas são afectadas. Poderosas locomotivas a diesel estão lado a lado com locomotivas a diesel-eléctricas de última geração. A casa das máquinas cresce em todas as direcções para dar espaço aos inúmeros veículos.

Atenção, aproxima-se uma curva! No entanto, em vez de sermos puxados dos lugares enquanto a bagagem voa através da cabine, tudo permanece no lugar de forma segura. A paisagem do lado de fora da janela parece ligeiramente inclinada.

Uma das primeiras locomotivas a usar a tecnologia de inclinação é a UAC Turbotrain de 1968. A locomotiva aerodinâmica mantém o seu ritmo elevado até mesmo nas curvas, e transporta passageiros dos EUA e do Canadá até ao seu destino a uma velocidade alucinante.

Com os seus fantásticos 6.000 HP, a GE AC6000CW de 1995 é uma das locomotivas a diesel de unidade singular mais poderosas do mundo. Ainda é usada nos caminhos-de-ferro de todo o mundo.

A EMD JT42CWR é conhecida pelos jogadores do Rail Nation como a Flecha. Entre 1998 e 2016, 651 locomotivas deste tipo foram construídas e expedidas por toda a Europa. Esta locomotiva ainda é usada hoje em dia.

Rápida e estável, a nossa locomotiva viaja nos trilhos da história. Próxima paragem: o mundo de hoje!

Deixe uma resposta